Três meses antes da estreia, BBB 23 supera R$ 800 milhões e bate recorde na Globo

Tadeu Schmidt vai apresentar o BBB 23: reality já arrecada mais de R$ 800 milhões para a Globo

  Reprodução Big Brother Brasil / gshow

Três meses antes da estreia, BBB 23 supera R$ 800 milhões e bate recorde na Globo

Três meses antes da estreia, o BBB 23 já estrou para a história da Globo como o mais lucrativo de todos os tempos. A empresa vendeu dois novos patrocínios na semana passada. O reality já tem 13 marcas anunciantes e conseguiu uma arrecadação mínima acima dos R$ 800 milhões. Se todos os espaços forem vendidos, o valor pode chegar à marca de  R$ 1 bilhão antes de o programa entrar no ar.

Segundo apurou o Notícias da TV, a rede de supermercados Carrefour vai ocupar o lugar que foi da Americanas --que seguirá no Big Brother, mas com outro enfoque de anúncios. Será a volta da empresa francesa ao programa após 11 anos. A última aparição foi no BBB 12. 

Para estar no hall de anunciantes do BBB 23, o Carrefour pagou R$ 29,5 milhões. Quem também vai estar no reality em 2023 é o Zé Delivery, serviço de entrega de bebidas em casa, que pagou R$ 37,2 milhões para aparecer no top de cinco segundos do programa em seus 50 dias iniciais de confinamento. A marca, que estreia no reality, pertence à Ambev, a maior distribuidora de bebidas do Brasil.

Neste ano, a Globo dividiu o top entre duas empresas para arrecadas mais. Da metade para o fim da atração, quem estará no espaço será a Chevrolet, que também adquiriu uma cota master. A marca automotiva pagou mais caro (cerca de R$ 37,7 milhões) para estar em no período com projeção de maior audiência.

Além de Carrefour e Zé Delivery, outras 11 marcas já estão confirmadas no BBB 23. As três cotas mais caras, chamadas da Cota Big, foram ocupadas por Americanas, Seara e Stone. Cada uma delas pagou R$ 105,1 milhões pelo espaço. 

Foram vendidos também três dos quatro espaços da chamada Cota Camarote, na qual o anunciante também aparece na TV aberta, mas com menos frequência. Cada um custa R$ 80,2 milhões. Compraram já nesse espaço as empresas Heineken, P&G e Chevrolet. Uma ainda está disponível. 

Por fim, a Cota Brother é a mais em conta e contempla três ações comerciais, uma prova Bate e Volta patrocinada e uma festa. Ela sai por R$ 15,6 milhões. Todos os cinco espaços já foram vendidos para Hypera Pharma, McDonald's, Above, Quinto Andar e Ademicon. 

Globo vai melhorar prêmio no BBB 23
Uma das novidades é a Cota Prêmio, que fará a emissora melhorar a recompensa do ganhador do Big Brother Brasil a partir da próxima edição, após 12 anos sem reajuste. Esse espaço já foi comprado por Stone, que vai substituir PicPay como empresa financeira do Big Brother. 

Na modalidade do patrocínio de segmento, a Globo já assinou contrato com as empresas Doriana, Above e Pantene, que vão expor produtos exclusivos de higiene pessoal e comida durante a convivência dos participantes. Somadas todas as vendas, a arrecadação é de R$ 851,7 milhões até o momento. 

enquete bbb votar bbb


Entre Babi e Deolane, quem você eliminaria?
Vote na suposta Roça de A Fazenda 14


Vote Agora!

Comentários

Mais Novidades


Participantes

Arthur Aguiar

Camarote - 32 anos, Ator e Cantor, Rio de Janeiro - RJ

Douglas Silva

Camarote - 33 anos, Ator, Rio de Janeiro - RJ

Eliezer

Pipoca - 31 anos, Designer e Empresário, Volta Redonda - RJ

Paulo André Camilo

Camarote - 23 anos, Atleta Olímpico, Santo André - SP



Fique por dentro das novidades